Arquivo da tag: nota de repúdio

Nossa Solidariedade ao empresário Luciano Hang

Através do seu perfil no Twitter, Luciano Hang protestou contra a ação movida pelo Ministério Público do Trabalho que o acusa de “coagir” funcionários a votar em Jair Bolsonaro.

“Querem me calar. Os sindicatos podem fazer campanha para o PT nas minhas lojas com nossos funcionários e eu não posso me manifestar? Estamos na Venezuela ou em Cuba?”, questionou o empresário, em sua conta no Twitter.

Lamentamos mais esta tentativa de censura à opinião de um cidadão, empresário, e manifestamos repúdio às ações e tentativas de intimidar a livre manifestação do pensamento político, por parte do MPT.

Nota de Repúdio à Rede Globo de TV

Vem se tornando uma constante, através das novelas veiculadas pela Rede Globo de Televisão, a inserção de falas e cenas ofensivas à classe contábil brasileira.

De forma lamentável e inexplicável, tal fato aconteceu novamente. Dessa vez, em uma cena do capítulo da novela “Sol Nascente”, levado ao ar no último dia 03, quando o personagem interpretado pelo ator Francisco Cuoco disse: “advogado e contador …tudo trambiqueiro!”

Acobertado pelo manto protetor da ficção, do irreal, a emissora se coloca acima do certo e do errado e, portanto, “autorizada” a denegrir, no caso em tela, uma classe laboriosa com 533 mil profissionais em nosso país.

Nos causa espanto como uma empresa de comunicação como a Globo, que se perfila ao lado das maiores do mundo do setor, não usa filtros corretivos para evitar que inverdades generalizadas e ofensas como esta sejam levadas ao ar.

Pergunta-se: A cena em questão foi enriquecida pela fala grotesca e desproposital do personagem? Muito pelo contrário, apenas ofendeu profundamente profissionais honrados de duas das profissões mais importantes do mundo.

Diante do exposto, o Conselho Regional de Contabilidade do Paraná repudia veementemente o que se passou e espera sinceramente que a Rede Globo de Televisão tenha consciência da falha lamentável que cometeu e que doravante trate os profissionais contábeis com o respeito que eles merecem.

MARCOS SEBASTIÃO RIGONI DE MELLO
Presidente do CRCPR